me adote miau2

Adote um bichinho

É fato que os animais fazem parte de nossas vidas.

Muitas pessoas convivem ou tem um animal de estimação como companheiro ou integrante da família.

Infelizmente, existe o lado sombrio desta história que é o abandono e os maus-tratos de animais. Inconsciência, ignorância, falta de recursos e de educação são causas frequentes do abandono e descaso com os animais.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), existem mais de 30 MILHÕES de cães e gatos abandonados no Brasil em 2019. Aproximadamente 300 associações e ONGs resgatam cães abandonados em busca de encaminhá-los para adoção responsável e dar-lhes uma vida digna.

Existem muitas formas de colaborar com a causa animal e quantos mais pessoas ajudarem, poderemos ver menos abandono e mais adoções e animais com lares.

0
BLOG-4

Como escolher um animal de estimação?

Você tem se sentido sozinho, ou decidiu que é hora de adotar um bichinho para lhe fazer companhia, mas ainda não sabe qual gostaria de ter? Aqui você encontrará dicas valiosas para te ajudar nessa escolha.

Existem algumas coisas que você precisa saber antes de tomar essa decisão.

Tempo

Um dos pontos principais para auxiliar na escolha do seu bichinho é saber o tempo que você terá para dedicar a ele. Por exemplo, se optar por um cachorro você deverá ter um tempo maior para considerar os passeios, brincadeiras, carinho, banhos e alimentação. Já com os felinos encontramos um pouco mais de flexibilidade, pois os gatos possuem uma independência natural não necessitando de passeios e brincadeiras na mesma proporção que os cães.

Espaço

O espaço é outro fator determinante nessa escolha, se optar por um animal de grande porte deve ter em mente que algumas medidas devem ser tomadas. Você deve analisar: onde o animal vai ficar? Eu tenho um espaço físico adequado para recebê-lo de maneira confortável?

Orçamento

Você deve avaliar o orçamento que tem disponível para dedicar ao seu novo amigo, pois além da alimentação ele precisará de cuidados como vacinas, vermífugos, consultas ao veterinário e você precisa estar ciente de que haverá um gasto dedicado aos cuidados com o pet.

Personalidade

Fazer uma analise da sua própria personalidade também pode ajudar muito na escolha do animal que mais combina com você, se é uma pessoa mais fechada, mais séria um gato provavelmente seria a melhor opção, já se for uma pessoa mais sensível, mais brincalhona com certeza vai se sair bem com um cachorro. Claro que nada impede que você opte pelo contrário, afinal os amigos de quatro patas têm muitas coisas a nos ensinar.

Depois de avaliar todos esses pontos acima, se você achar que está preparado e já sabe qual bichinho escolher é hora de procurar um abrigo ou um petshop e acolher essa nova companhia que certamente trará mais alegria aos seus dias.

1
BLOG-6

Proteja seu bichinho do frio

Você sabe como proteger seu bichinho do frio?

Com a temperatura caindo algumas vezes nos perguntamos se os animais precisam de roupa para ficarem mais aquecidos.

Alguns animais são mais receptivos a roupinhas, como no caso dos cachorros ainda filhotes e dos mais idosos. Já com os felinos, a dificuldade de adaptação é um pouco maior.

Mas não se desespere, mesmo que seu amigo não fique confortável vestido você pode adotar outras técnicas que o ajudarão a enfrentar o frio de maneira correta.

E como a nossa preocupação é garantir o bem estar dos nossos amigos, separamos algumas dicas importantes para a ajudar a driblar a estação mais fria do ano.

– Caso o Pet durma do lado de fora da casa, o ideal é que ele tenha uma casinha bem fechada, e se possível, com uma borracha ou estrado que mantenha sua coberta sem contato direto com o chão para evitar que sinta a friagem.

– Ter sempre a disposição do animal um cobertor próximo ao local onde ele dorme ou passa mais tempo.

– Reduzir a quantidade de banhos, que devem ser sempre com água morna e realizando a secagem em seguida.

1